Assim partiram 20 anos…

Infelizmente ao longo da minha vida, tenho visto, partirem árvores que me fizeram companhia…não por motivos de doença, mas mesmo por luxos urbanisticos…tipo ai e tal não davam jeito estar ali….não é justo que isso aconteça…

Mas…quero falar dela, primeiro.

Era uma amoreira urbana…daquelas bravas, que ficam mais arredondadas,  dão algum fruto, mas uma coisa boa, é que aqui as árvores dão sempre mais fruto :)… estava no passeio, junto às suas irmãs, que percorrem a avenida toda. Foram colocadas pela câmara municipal, dai estarem legalizadas, e supostamente bem localizadas, digo isto porque para se plantar uma árvore, tem que haver um plano, não é? senhores engenheiros?

Durante anos e anos foi lutando para crescer, e este ano, felizmente não lhe tinham feito uma poda muito agressiva. E estava linda…em frente à minha janela e da vizinha do lado,  permitia que quando abri-se a janela de manha pudesse me deslumbrar com o verde e alguma privacidade do prédio em frente.

Para além de ser um festival de vida, quando começam a dar fruto, é ver variada espécies de aves a migrarem para este recanto…este ano, para além dos milhares de pardais, apareceram melros, mochos e outros que não sei os nomes, como as arvores tão perto de onde vivo, o meu periquiro, passa tardes em tertulias com eles. E eu e a minha gata observamos bem quietas, os seus comportamentos…digamos que tinha um verdadeiro national geographic.

É interessante ver a vida que existe mesmo tão perto de nós. Desde miuda que o fazia…em especial quando tinha a minha amoreira mansa…essa estava quase mesmo mesmo colada às janelas, e dava tantas amoras, que os ramos pendiam do peso, eram mais amoras que folhas….mas também foi cortada, à 8 anos atrás…essa era ilegal…foi ilegal com 21 anos, plantada pelos moradores…nunca se queixaram..até lhes fazer incomodo, os carros com as amoras, e claro falta de espaço para estacionar…

Para além que estas árvores, purificavam o ar, que contribuiam para a minha horta urbana…

Mas que fazer com a mentalidade das pessoas por aqui? Por exemplo a vizinha que tinha também tinha a arvore em frente, falava toda contente, por terem-na cortado….porque já podia estender a roupa e não tocar na arvore…ora em vez de cortar toda, não podeiam apenas podar os ramos que a incomodavam? não percebo o seu desaparecimento, nem dá para estacionar carros naquele canto…qual a maldita explicação desta vez…

mas será que não viu um ninho de pardais lá….ou valorizar a presença de uma árvore…?

Isto para dizer, que foi o inicio da matança….os moradores querem cortar todas as árvores que estão no parque, as que fazem “alergias”….já circula uma petição para o abate…posso vos dizer….não ponho em causa, as pessoas terem problemas alérgicos com o pólen de algumas arvores…mas existem outras estratégias, para além de as cortar…alias este jardim lindo não existeria, se não fosse um senhor que já não mora aqui , que em pequena me inspirou com a sua varanda…era um autentico éden, cheio cheio de vida e plantas, e foi ele que lutou, mas principalmente deveria ter alguma influencia, porque evitou na altura à 20 anos, que neste espaço fosse construído um edifício…porque aqui para os moradores, era igual ao litro.

Agora as casas novas, são valorizadas, por terem espaço verdes, vistas para a natureza…aqui que o têm, querem acabar…

Resultado…não sei que posso fazer para mostrar à câmara municipal…o desastre que será…

Enfim…o que posso agora fazer, por cada que cortem, eu planto em casa…já tenho duas, uma amendoeira e uma tangerineira.

Deixo aqui duas imagens, uma é da amoreira abatida, outra é da vista por agora ainda viva da minha janela…

em tempos amoreira...

A minha vista da janela...por agora...isto é uma pequena praceta rodeada de prédios...quem diria não é?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s